Mesmo preso por porte ilegal de arma, Clodoaldo Tonietti, 40 anos, diz que, quando recuperar a liberdade, vai se armar de novo. Ele alega que tinha uma pistola 9 milímetros para se defender, porque recebia ameaças. Dois amigos dele também foram detidos: Olbenir Cavalheiro, 28 anos, com uma pistola calibre 40, e Alessandro Moacir, 30, com um fuzil, 7.62.

O delegado Marcelo Magalhães, da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), explicou que os policiais chegaram até os três por denúncia anônima. Eles foram presos em uma residência na Cidade Industrial e cada um assumiu uma das armas. “Ou fariam roubo ou alugariam essas armas”, afirmou o
delegado.

Nenhum tinha antecedentes criminais. “Uma das armas foi roubada da Polícia Civil”,disse Marcelo. A desculpa de Olbenir para ter a pistola é a mesma de Clodoaldo: defesa pessoal. Ele afirmou que comprou a arma sem saber que ela havia sido roubada. Alessandro alegou que o fuzil era de caça.

Paraná Online no Google Plus

Paraná Online no Facebook