Três pessoas foram detidas por policiais da Rondas Ostensivas de Naturezas Especiais (Rone), suspeitas de tráfico de drogas, na noite da última quarta-feira. O caso ocorreu no centro de Curitiba e a situação se desenrolou até a Vila Torres.

Segundo explicou o tenente Eduardo, uma equipe da Rone patrulhava o centro quando a viatura foi parada por um passageiro do Terminal do Guadalupe, por volta das 22h. O denunciante contou que numa lanchonete, na esquina do terminal, um casal traficava drogas.

Com as indicações, os policiais chegaram até Rosangela Batista Brustelo, e seu filho, Jean Davis Brustelo Barbosa, na lanchonete. Eles estavam com 29 pedras de crack, dinheiro trocado, três celulares, uma câmera fotográfica digital e uma pequena quantidade de roupas novas, em sacolas de lojas. A dupla contou aos policiais que pegou a droga de um morador da Vila Torres, Johnny da Luz Dorneli, 19 anos.

Com a denúncia de mãe e filho, a equipe foi até um sobrado da Rua Baltazar Carrasco dos Reis, na Vila Torres. A família percebeu a aproximação da viatura e jogou uma sacola pela janela. Johnny tentou escapar pelos telhados de casas vizinhas, mas foi alcançado e detido.

Ao checarem o que havia na sacola, os policiais encontraram mais 590 gramas de crack e outras 62 pequenas pedras da droga. Ainda numa revista à residência foram localizados uma balança de precisão, R$ 2 mil em dinheiro, 12 celulares e mais alguns objetos, que a polícia crê foram dados por viciados em troca de entorpecentes.