Alterado, supostamente pelo consumo de entorpecentes, Marcelo Ferreira de Melo, 32 anos, atirou em uma viatura policial, e no confronto foi ferido e morto. A confusão aconteceu quando ele estava comendo um cachorro-quente, na Rua Cid Campelo, quase esquina com a Rua Gilberto Kaminski, na Cidade Industrial de Curitiba, por volta das 2h50 de sábado.

Segundo o tenente Marçal, do 13.º Batalhão da Policia Militar, uma equipe foi chamada para o local pois um homem estava agitado, e causando transtorno a um vendedor de cachorro-quente e os clientes dele. “Quando nossa equipe chegou no local, ele simplesmente em um ataque de fúria sacou um revolver calibre 32 e efetuou vários tiros”, explicou o tenente. Ele disse que outra equipe da polícia chegou em apoio, e também foi recebida a tiros. “No confronto o homem foi ferido, e morreu na hora”, contou o tenente.

Marcelo já tinha passagens na policia por porte ilegal de arma de fogo, e por efetuar disparos em via pública. Os familiares contaram para a polícia que ele era usuário de drogas.