Daniel tinha
54 pedras de crack.

Denúncias anônimas levaram investigadores do 10.º Distrito Policial (Sítio Cercado) a efetuar a prisão de um traficante que agia na região atendida pelo distrito. Daniel Pereira Velaski, 23 anos, foi preso às 18h de segunda-feira em frente à sua residência, na Rua Luís Carlos de Oliveira, no Xaxim. Os policiais apreenderam 54 pedras de crack e uma pequena quantidade de maconha com o acusado.

De acordo com o superintendente Ivo Venâncio de Brito, há pelo menos três semanas o distrito vinha recebendo informações de populares que indicavam o local onde funcionava um ponto de venda de drogas. Na tarde de segunda-feira, os investigadores notaram um grande movimento de pessoas em frente à casa, provavelmente realizando a compra de drogas. Quando os policiais se aproximaram, os usuários debandaram deixando apenas o morador para trás. Durante a abordagem, foi encontrado no bolso de Daniel um pacote plástico com a maconha. Na casa dele foram encontradas as pedras de crack escondidas em um pequeno estojo de plástico, embaladas e prontas para serem comercializadas.

Daniel foi autuado em flagrante. Durante a sua apresentação à imprensa, o detido disse apenas que trabalhava na Ceasa e que não era usuário. De acordo com o superintendente, foi apurado que Daniel não possui antecedentes criminais e que cada pedra de crack era vendida a R$ 5,00.

Drogas

Brito ressaltou que a prioridade do 10.º DP será o combate aos traficantes, principalmente no Sítio Cercado, onde ele considera a situação grave. “Somente assim poderemos baixar também o número de furtos na região, porque os produtos furtados são trocados por droga”, explicou. Na semana passada, um outro traficante de maconha já havia sido preso naquele distrito, conforme o policial.