Dentro do carro que usava para vender roupas, Geraldo Fernando Duarte, 26 anos, levou mais de oito tiros na noite de terça-feira. Ele foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu. Geraldo saiu de casa às 22h, no Bairro Novo A, Sítio Cercado, com seu Corsa prata, sem dizer para a esposa aonde iria. A menos de duas quadras da residência, na Rua José Bassa, ele foi baleado. Ninguém viu o atirador.

A Delegacia de Homicídios deve ouvir familiares de Geraldo ainda nesta semana para descobrir se ele havia recebido ameaças de clientes devedores,ou se existe outro possível motivo para o crime.