Indignado porque não conseguiu fazer compras em um supermercado, para realizar uma feijoada, o vice-prefeito de Araucária, Isac José Efrain Fialla (PSDB), se envolveu em uma confusão e foi preso em flagrante por dirigir embriagado e por ter desacatado os policiais militares. A confusão aconteceu na noite de segunda-feira (26), em Guaratuba, no litoral do estado. A assessoria de imprensa do vice-prefeito afirmou que ele foi liberado à tarde.

De acordo com o delegado Luiz Carlos de Oliveira, coordenador da Operação Verão, o vice-prefeito voltava de uma festa, acompanhado de um sobrinho. No caminho para casa, eles resolveram parar em um mercado para comprar ingredientes para a feijoada do dia seguinte. No entanto, já era quase meia-noite, o local já estava fechando e eles não puderam ser atendidos.

Revoltado por não poder realizar a compra, a dupla discutiu com o dono do estabelecimento. O sobrinho quebrou uma das vidraças com um chute e acabou ferindo o pé. Em seguida, os dois foram embora.

O dono do mercado imediatamente ligou para a polícia, que conseguiu localizar Isac e o sobrinho a caminho do hospital. Segundo o delegado, o vice-prefeito se recusou a realizar o teste de bafômetro, resistiu à prisão e desacatou os policiais.

Isac foi encaminhado à delegacia local, onde foi autuado em flagrante e permanece preso à disposição da Justiça. O sobrinho do vice-prefeito assinou termo circunstanciado e foi liberado em seguida.

Defesa

A assessoria de Isac divulgou que, diferente do que foi afirmado pela polícia, o vice-prefeito fez o teste do bafômetro, duas vezes, e ambos teriam dado resultado negativo.