Com os presos, a PM apreendeu
droga e objetos roubados.

A denúncia de um usuário de crack levou a Polícia Militar a apreender 19 pedras da droga e descobrir uma casa com vários objetos de procedência duvidosa, na Vila das Torres, Prado Velho, no fim da tarde de ontem. Acusado de ter vendido o entorpecente, Leandro dos Santos, 22 anos, foi detido junto com dois adolescentes, moradores naquela residência, além do consumidor da droga.

De acordo com o aspirante Eduardo, do Regimento de Polícia Montada, RPMont, eles abordaram o usuário na Rua Santana, com quatro pedras de crack. “Ele nos indicou de quem havia comprado”, relatou o policial. Junto com os soldados Corradini e Paulo César, o aspirante tentou abordar Leandro, mas ele correu para dentro de uma casa, onde estavam os adolescentes, de 16 e 17 anos.

Muamba

A PM seguiu o suspeito e encontrou dentro da residência, um aparelho de DVD, dois videocassetes, dois toca-CDs, quatro máquinas fotográficass, dois telefones, um videogame e até um aparelho de verificar a pressão arterial, além de outros objetos. “Com o Leandro encontramos 15 pedras de crack e uma pistola, calibre 380”, completou Eduardo.

Os adolescentes disseram que os aparelhos foram todos comprados e que nada tinham a ver com a droga. Leandro também negou ser traficante. “A arma é minha e comprei há seis meses para me defender”, disse, afirmando que a droga recolhida pela PM pertenceria toda ao rapaz que o delatou. Ele é carroceiro e mora na Vila das Torres com a mulher e dois filhos, conforme relatou.

Os acusados foram encaminhados à Delegacia do Adolescente e ao 3.º Distrito Policial (Mercês).