A delegacia de Colombo descobriu algumas informações sobre o açougueiro Vilmar Cardoso de Oliveira, 52 anos, morto com tiro no rosto no Jardim Paraná, na noite de quinta-feira. Há suspeitas que Vilmar seria autor de um homicídio no Jardim Guaraituba, no município, há dois anos. Se a informação – que está sendo investigada – for verdadeira, o superintendente da delegacia local, José Braga, acredita em vingança.

Vilmar, apurou o policial, tinha mandado de prisão expedido por uma das varas criminais de Curitiba. No entanto, ele não sabia por qual crime, porque alguns setores do judiciário estavam em recesso, pelo feriado prolongado.

Bar

O açougueiro bebia em um bar do bairro, quando dois homens chegaram ao local e também começaram a beber. Quando Vilmar foi embora, eles seguiram o açougueiro. Na Rua Vicente Canestrali, dos cinco tiros que deram contra Vilmar, apenas um o atingiu. Os autores ainda não estão identificados.