Foto: Alberto Melnechuky

Adriano tentou fugir do assaltante.

Em uma tentativa de assalto, às 22h de terça-feira, na Rua Nicolau Panpuch, no Jardim Urano, em São José dos Pinhais, Adriano Robes Sviech, 26 anos, foi assassinado no volante do Golf placa CHV-1439. Ele tentou escapar do assaltante, que atirou. A bala atravessou a lataria do veículo e acertou as axilas de Adriano. Descontrolado, o veículo bateu em uma árvore, subiu na calçada e parou ao bater em um muro.

Essa foi a segunda tragédia que aconteceu com a família de Adriano em menos de três meses. Recentemente o seu pai morreu, quando voltava para casa de um bar na região. Nessa época Adriano morava na Inglaterra. Ele estava fora do País há dois anos e voltou para visitar parentes e amigos. ?Ele chegou há dois dias, ainda estávamos comemorando o seu retorno?, comentou um amigo, que não quis se identificar. Ninguém soube dar aos policiais militares informações que pudessem orientar a captura do assassino.

A população, indignada com o ocorrido, protestou. ?Não temos paz. Com freqüência somos multados por estacionar o carro na calçada em frente às residências, mas segurança que é bom, não temos?, disse um morador. Segundo ele, por várias vezes solicitou o serviço da polícia na região e não foi atendido. ?Há dois anos, mataram um rapaz, até hoje ninguém sabe o que aconteceu?, comentou um morador.