A prática de atividade física é um caminho para evitar quedas em pessoas na terceira idade. O envelhecimento provoca alterações fisiológicas progressivas no organismo e afeta o equilíbrio, que podem ser amenizadas com a prática esportiva, já que fortalece o tônus muscular e o equilíbrio, minimizando o risco das quedas e lesões.

Além disso, a osteoporose – doença metabólica que afeta os ossos – também contribui para que acidentes provoquem lesões. Um dos maiores perigos, que pode causar até a morte, é a fratura no quadril, considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em razão do alto índice de casos, um problema de saúde pública. No Brasil, estima-se que 100 mil casos aconteçam por ano.

Segundo a médica geriatra Amanda Valim Kampa Cassab, diferentes atividades físicas tem efeitos benéficos aos idosos. “Podem ser exercícios na água ou aeróbicos, e não só a musculação. A atividade física regular também é uma forma de compensação para minimizar os fatores fisiológicos”, disse.

De acordo com a médica, a primeira queda deve ser entendida como um alarme, para que sejam tomadas providências para a prevenção de acidentes. “Quem cai uma vez, com fratura ou sem fratura, tem o risco dobrado de cair pela segunda vez. Por isso, acreditamos que devemos evitar desde a primeira queda”, orienta.

Outra orientação é que os idosos realizem exames oftalmológicos regularmente, mantenham uma dieta saudável, rica em cálcio e vitamina D, e tomem banhos de sol para fortificar os ossos e a força muscular.

Adaptação do ambiente

Além do lado fisiológico, o espaço doméstico utilizado pela pessoa idosa também precisa sofrer adequações para prevenir quedas. Algumas são simples, como tirar tapetes, não usar cera no piso, manter a boa iluminação dos ambientes e deixar os corredores livres de objetos em que as pessoas possam tropeçar.

Algumas alterações, mais profundas, demandam maiores intervenções no ambiente doméstico. Entre elas estão a instalação de corrimãos e barras de apoio, a pintura de paredes de cores contrastantes e ajustar móveis para facilitar o acesso dos idosos.