Um painel de especialistas votou unanimemente nesta quinta-feira (16) para recomendar ao Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos que a vacinação contra a Covid-19 seja feita preferencialmente com imunizantes da Pfizer/BioNTech ou da Moderna, ao invés da vacina da Janssen.

LEIA TAMBÉM

>> Vacinas CoronaVac, AstraZeneca, Pfizer e Janssen são efetivas e protegem contra a covid-19, confirma Fiocruz

>> Vacina contra a covid-19 deverá ser tomada duas vezes ao ano, confirma estudo da OMS

Segundo informações do Washington Post, os especialistas basearam a recomendação preferencial para vacinas de RNA mensageiro no possível aumento do risco de coágulo sanguíneo associado à vacina da Janssen.

Nove mortes – de sete mulheres e dois homens, com idades entre 28 e 62 anos – relacionadas ao problema foram confirmadas até setembro, de acordo com o jornal americano. Sete desses pacientes tinham comorbidades, como obesidade, hipertensão e diabetes. Outras duas mortes relacionadas podem ser contabilizadas: os especialistas aguardam mais informações sobre os casos.

A diretoria do CDC decidirá se adotará a recomendação dos especialistas. Nos Estados Unidos, 17 milhões de doses da vacina da Janssen, de regime de dose única, foram administradas.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”