Mesmo em tempos pandêmicos, o mês de janeiro será de folga para muitas famílias. Algumas empresas emendaram o recesso de fim de ano, outras deram férias coletivas para os funcionários, as aulas online das crianças voltam só no mês que vem e há, inclusive, quem já tenha escolhido esse período para descansar, lá atrás, antes do coronavírus estar entre nós.

LEIA TAMBÉM Comum na pandemia, trabalho remoto pode gerar compulsão por produtividade

E ainda que não dê para fazer grandes viagens ou visitar os parentes em outras cidades como de costume, só de ficar de “bobeira” (sem tanta preocupação com trabalho, horários, obrigações e tarefas) já é um convite ao relaxamento, não é mesmo? Só que até para desligar a gente precisa se programar mentalmente, você sabia? Em especial, depois de tudo que vivemos em 2020.

LEIA TAMBÉM – Estresse pode também afetar a pele e causar alergia emocional. Saiba como identificar

“A melhor maneira de superar a exaustão mental é tomar uma atitude diferente em relação à rotina”, diz a psicóloga Daniela Jungles, mestre em Ciências da Educação pela Université de Sherbrooke (Canadá) e supervisora do Serviço-Escola de Psicologia do Unicuritiba. Por isso, ela elaborou uma lista com 10 passos que vão te ajudar a transformar as férias em um momento reparador. Veja:

1. Dedique tempo para descansar e realizar atividades gratificantes em seu dia a dia.

2. Aprenda a deixar de lado a obsessão de querer administrar tudo. Nós não temos super poderes!

3. Desista de seguir a lógica perversa das redes sociais e de acreditar em falsos ideais.

4. Comparar-se à blogueira fitness fazendo uma série de exercícios e dizendo que dá tempo de ter o “corpo de verão” é depressogênico.

5. Conecte-se com pessoas que são reais e que estão enfrentando desafios semelhantes aos seus.

6. Tenha em mente que o confinamento para evitar novas contaminações pelo vírus está mantido e que será normal demorar mais para conseguir relaxar.

7. Conforme-se com a velha máxima: “Aceita, que dói menos!”. Aceite que este ano também será diferente e que as férias não serão como planejadas. Encarar a realidade diminui o sofrimento.

8. Nas férias, mantenha o foco no descanso, sem viagens longas de carro, congestionamentos, atropelos em rodoviárias e aeroportos.

9. Durma até mais tarde, fique um dia sem fazer nada, leia ou maratone uma série que você quer ver há tempo. Tudo isso tem seu encanto.

10. Aproveite o período de relaxamento para se preparar para 2021 e fazer projetos pós-crise: uma viagem, uma festa, uma reforma ou um novo jardim. A falta de planos equivale à uma lesão neuropsicológica. Estimule seu cérebro positivamente.

Segundo Daniela, pessoas muito envolvidas com o trabalho precisam de um tempo maior para se desconectarem da rotina. Mas, na média, duas semanas consecutivas de descanso são suficientes para realmente experimentar os benefícios das férias, acredita.