Mais uma dos centenas de CNPJ’s vítimas da pandemia do novo coronavírus, o Curitiba Comedy Club anuncia seu retorno. Após uma tentativa frustrada ainda em fevereiro deste ano, a marca – considerada uma das mais tradicionais do humor e comédia do Brasil -, vai estampar a parede de um dos salões do Restaurante Dom Antônio, no bairro gastronômico de Santa Felicidade, em Curitiba.

Da decisão doída do fechamento até o retorno, agendado para outubro, o empresário Joca Madalosso enfrentou sentimentos que nunca havia compreendido. “Era um filho de 10 anos de idade que estava definhando e morrendo sem a ajuda de ninguém. Governo, Estado e Prefeitura não fizeram nada. Pior, atrapalhavam qualquer tentativa que tínhamos de sobreviver”, lembra. O único auxílio veio (tarde demais, segundo Joca) do Pronampe, do BNDES, usado apenas para bancar as demissões necessárias após o fechamento da casa.

+ Leia mais: Tribuna Empregos nasce com o objetivo de conectar pessoas e empresas

E o empresário passou por maus bocados. “Foi uma depressão braba, misturado com um sentimento de impotência. Não tinha como não ficar com raiva”, lamentou e aproveitou para relembrar a importância da saúde mental, usando o Setembro Amarelo – mês de prevenção ao suicídio. “Tive o apoio de profissionais neste período. Todos na vida precisam ir a um psicólogo pelo menos uma vez na vida. Graças a eles eu saí dessa e abri a cabeça para novos horizontes”.

Fator determinante para sua recuperação como pessoa e também como empresário (e para o renascimento do próprio Curitiba Comedy Club) foi o carinho recebido no período. Enquanto ia sendo velado, o projeto já dava sinais de renascimento.

“Sabíamos que tínhamos feito a diferença no mundo da comédia, mas não sabíamos que as pessoas tinham tanto carinho assim. Quando comecei a receber ligações de comediantes chorando, percebi que algo deveria ser feito. Clientes, amigos e até pessoas que não eram de Curitiba ligaram e mandaram mensagens lamentando aquele momento. tudo isso nos deu força e a certeza de que o CCC não poderia morrer”, epolga-se Joca.

+ Leia também: Festival da Carne de Onça 2021 comemora 5º anos de conquista histórica

Um dos momentos em que esta certeza foi evidente aconteceu na desmontagem da estrutura do endereço antigo. “Quando decidimos fechar, sabíamos que seria um prejuízo danado. E foi. Não imaginávamos reabrir. Mas foi tanto carinho, que decidi guardar as madeiras do palco e a nossa tradicional parede de tijolos à vista que era nosso cenário. Eles vão voltar. O mesmo palco e, em breve, a mesma parede de tijolos”, afirma.

Novo (e provisório) palco

Em outubro o Curitiba Comedy Club reabre em espaço provisório. Já no Restaurante Dom Antônio, mas não ainda no seu local definitivo. E por que lá? “Quando fomos fazer a mudança da antiga sede para um depósito no Restaurante Dom Antônio, que é do meu pai, um amigo falou: ‘Por que você não faz o CCC aqui?’. Aí caiu a ficha que levou anos para cair. Conversamos com os outros sócios e todos toparam na hora”, contou Joca.

O tal do “depósito” é um salão para 100 pessoas que não vinha sendo utilizado, afinal o setor de eventos foi um dos mais impactos da pandemia. “É um espaço muito bom e já podemos abrir, pois já temos alvarás e tudo mais. O espaço definitivo é um outro salão (esse com capacidade para 450 pessoas), mas precisamos fazer algumas reformas lá, como construir banheiros e a estrutura do bar. Ano que vem nos mudamos para o espaço definitivo”.

A data e convidados da reabertura ainda não foram definidos, mas serão decididos e anunciados nos próximos dias, em primeira mão para quem faz parte do grupo de divulgação do CCC. Mas a notícia já deixou a piazada de Curitiba animada.

Retorno comemorado

A notícia foi muito bem recebida pelos humoristas e comediantes de Curitiba. “O Comedy é a Rede Globo para os artistas do stand-up, tanto locais como muitos de outros estados. O Comedy é onde faço meu stand-up com segurança, porque as pessoas foram ali para te ver, posso fazer meu show descalço como se estivesse em casa”, afirmou Claudinho Castro, o Ahnão.

Já Cadu Scheffer, um dos líderes do grupo de humor Tesão Piá, está preparando o bucho pra aproveitar o cardápio do novo espaço. “A volta do Curitiba Comedy Club é a melhor notícia do ano. Já consigo até sentir o cheirinho dos aplausos com polenta. Agora eu posso voltar a errar uma piada e mesmo assim me sentir em casa, amparado pela minha família”.