Quando se fala em harmonização entre pratos e bebidas, é natural pensarmos logo em vinho. Esse pensamento, no entanto, vem mudando e, é impossível não pensar em harmonizar cerveja – tão consumida pelos brasileiros – com a ampla gama de opções artesanais fabricadas atualmente.

LEIA TAMBÉM:

>> Cinco receitas fáceis, baratas e gostosas de sobremesas para a Ceia de Natal

>> Ceia de Natal por encomenda é uma opção em Curitiba. Veja sugestões de kits prontos

>> Receita de Tender para o Natal. Arrase com 4 receitas deliciosas!

E você já pensou em harmonizar os pratos das ceias de Natal e Ano Novo com cerveja? Para quem não vive sem cerveja gelada durante os dias quentes de verão e, inclusive, durante as ceias festivas, Guilhermo Spindola, beer sommelier, chef de cozinha e professor dos cursos de Beer Sommelier e da disciplina de Cozinha Criativa no Centro Europeu, conta que é até mais fácil fazer a harmonização com a cerveja do que com os vinhos. “A cerveja acompanha a refeição do início ao fim, pois vai bem tanto com pratos doces quanto salgados”, explica.

Segundo o especialista, a bebida possui alguns elementos de corte, que limpam o paladar e que por isso tornam mais fácil harmonizá-la com diferentes comidas: a carbonatação, o amargor (devido ao lúpulo) e, em alguns tipos, a acidez mais acentuada e a graduação alcoólica maior.

No caso das ceias, sempre com muita variedade de pratos, dá para harmonizar cerveja artesanal podem ser harmonizadas por semelhança, que é quando encontramos elementos utilizados no preparo do prato também na bebida. “Diversas especiarias estão muito presentes nas comidas de Natal e Ano Novo e, por isso, muitas cervejarias produzem cervejas especiais para essa época do ano, colocando essas especiarias dentro da bebida”, afirma Spindola.

E a harmonização é possível de ser feita até com as cervejas mais comuns. “Neste caso, fazemos a harmonização por intensidade. Por padrão, os rótulos mais comerciais costumam ser mais leves. Dessa forma, podemos harmonizá-los com pratos igualmente leves”, explica o beer sommelier. Aliás, Guilhermo afirma que essa é uma boa dica para quem tem dúvidas na harmonização ou está começando a pensar no casamento entre a cerveja e a gastronomia: cervejas mais intensas são uma boa pedida para acompanhar comidas mais intensas e pesadas, já as bebidas mais leves vão bem com pratos mais delicados, leves e frescos.

A combinação perfeita para cada prato

O beer sommelier Guilhermo Spindola dá dicas para harmonizar cerveja no Natal e Ano Novo com os pratos mais comuns das ceias festivas no Brasil. Confira:

Mix de nozes, castanhas, amêndoas e pistaches

Essas nuts geralmente funcionam como uma entrada, então a dica é começar com uma cerveja mais leve, mais refrescante, bem propícia para o nosso clima. Tipos: cervejas da família Lager, como Pilsner, Kölsch ou Helles.

Arroz à grega, salpicão e salada de maionese

Os tradicionais acompanhamentos da ceia natalina harmonizam bem com cervejas do estilo Weizenbier.

Peru, pernil e tender

Para as proteínas principais das ceias, como o peru, o pernil e o tender, a dica é harmonizar com cervejas mais maltadas, com malte mais tostado e que puxa mais para notas de caramelo. As cervejas que seguem essa linha mais tostada também são ótimas para acompanhar a tradicional farofa, a lentilha do Reveillón ou mesmo batatas assadas e legumes grelhados. Tipos: Amber Ale ou Brown Ale.

Frutos do mar

Para os frutos do mar, a dica é ir no estilo Witbier, que é a base de trigo e que conta, tradicionalmente, com a adição de sementes de coentro e cascas de laranja.

Sobremesas

Para a tradicional rabanada, finalizada com açúcar, canela e noz moscada, a dica é harmonizar cerveja do tipo Tripel. Segundo o especialista, a harmonização fica ainda melhor se o prato for finalizado com raspas de laranja e mel.

Já o pavê de chocolate, vai bem com cervejas que puxam para maltes mais tostados, que remetem a aromas e sabores de chocolate e café. Tipos: Porter e Stout.

O tradicional manjar de coco pede uma cerveja que tenha mais acidez e que utilize fruta na sua composição. Tipo: berliner weisse, com adição de frutas vermelhas.

Para o pudim de leite a harmonização pode ser feita com uma cerveja mais potente, que tem um teor alcoólico maior. Tipo: Barley Wine.

E, para comemorar a passagem do ano, o beer sommelier indica um estilo de cerveja muito especial: o Bière Brut. “É uma cerveja que usa levedura de champanhe, lembrando muito frisantes, espumantes e até mesmo o champanhe. Tem 11% de teor alcoólico, é bastante borbulhante e muito elegante até mesmo para brindar no fim do ano, além de ser muito versátil, pois acompanha desde a entrada, passando pelo prato principal até a sobremesa”, finaliza Spindola.

Pantanal

Juma atira nos pés de Jove

Loterias

Veja o resultado das loterias desta terça-feira!

Inverno Chegou

Veja como será o primeiro dia de inverno em Curitiba

Além da Ilusão

Lorenzo declara seu amor por Letícia