Após quatro adiamentos em função da pandemia, o concurso Comida di Buteco teve sua 21ª edição confirmada para o segundo semestre deste ano. Programado para acontecer de 30 de julho a 22 de agosto, o evento reúne os mais apetitosos quitutes da tradicional gastronomia dos bares da cidade e, em tempos de pandemia, terá como principal foco o delivery. Serão 21 bares participantes em Curitiba.

Todos os concorrentes deverão respeitar as regras sanitárias listadas nos decretos da Prefeitura e do Governo. “Nossa missão de transformar vidas através da cozinha de raiz se faz mais necessária do que nunca. Se a preocupação em preservar e evoluir os pequenos negócios familiares chamados ‘butecos’ já era o nosso propósito, com pandemia se tornou urgente”, comentou Filipe Pereira, organizador do Comida di Buteco

O segmento de bares e restaurantes está entre os que mais sofreram com a pandemia, pois foram um dos primeiros a terem medidas restritivas de funcionamento impostas pelo pode público.

+ Leia mais: Jardim Botânico de Curitiba ganha café que serve delícias paranaenses ao lado da estufa

Assim como seria no ano passado, o tema do concurso será “raízes”. Ou seja, esse é um ingrediente obrigatório no prato, seja no preparo do petisco, no molho e até como elemento decorativo. O público que quiser provar o prato participante, nesta edição, poderá pedir através do delivery ou buscando nos butecos, no formato “para levar”. 

Os telefones dos butecos participantes serão divulgados no site do Comida di Buteco ou poderão ser encontrados no 99Food, aplicativo parceiro do evento. Além disso, o consumidor que se sentir seguro pode participar presencialmente, desde que os decretos permitam.  

“Temos orientado os butecos participantes a cumprir rigorosamente as regras definidas e limitar o atendimento à capacidade permitida no estabelecimento e estamos continuamente checando e reforçando esse cumprimento”, afirma Pereira. 

Uma prova disso é a parceria do concurso com a Tagme – plataforma que permite o agendamento de mesas e a digitalização dos cardápios – para que os butequeiros possam planejar com segurança sua ida ao buteco. Esta ferramenta está acessível através do site www.comidadibuteco.com.br  localizando o buteco que quer visitar em cada cidade e clicando no botão Tagme. Desta maneira, aquele horário a mesa reservada estará disponível de acordo com os critérios estabelecidos nas reservas.  

Como vai funcionar?

Durante estes 24 dias apenas quem for ao buteco poderá votar para eleger o melhor de Curitiba. Isso porque, além do sabor do prato, é avaliado também o atendimento, higiene e temperatura da bebida. O peso da nota do petisco é o maior, com 70%, e as demais categorias tem o peso de 10% cada uma. O voto do público vale 50% do peso total e um grupo de jurados especialistas, críticos e butequeiros de plantão tem os outros 50%. 

+ Veja também: Gordinho e saudável? Veja em que condições isso é possível

Após ser coroado o melhor buteco da cidade, o eleito participará da segunda etapa do concurso que há cinco anos elege o melhor do Brasil. Nessa fase, há uma nova comissão de jurados, escolhida especificamente para esse momento, que vai visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas quatro categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). Cada campeão recebe três jurados (um da sua cidade e dois de outras cidades) e por fim elege-se em julho o Melhor Buteco do Brasil.  

 O Comida di Buteco foi criado nos anos 2000, em Belo Horizonte (MG), com a ideia de instigar a criatividade dos butecos. Atualmente são 21 circuitos em mais de 40 cidades que comemoram o mês da botecagem. O evento é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas, pois nenhum buteco participante paga nada para participar nem é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores.  

Movimento Salve os Butecos 

E para quem deseja ajudar os butecos de outras maneiras foi ainda criado o movimento Salve os Butecos, cujo objetivo é ajudar a gerar fluxo de caixa de forma que esses bares possam se reerguer. Todos podem participar através de doações: consumidores, empresas, veículos de comunicação e mídia. Elas podem ser em espécie, produtos (no caso de empresas que atendem diretamente os butecos) e espaços na mídia para divulgar a campanha.  

A meta é arrecadar R$ 3 milhões entre julho e agosto e dividir igualmente entre os butecos participantes do concurso em todo o Brasil. O acompanhamento das doações será através do “butecômetro” no site comidadibuteco.com.br.  

A conta para doações é:  

Banco Santander 033
Agência: 1595  
Conta número: 130023050  
Comida di Buteco Produções Gastronômicas LTDA  
CNPJ: 06.204.569/0001-55