O diretor executivo da Pfizer, Albert Bourla, previu no domingo (26) que a “vida normal” voltará em um ano graças às vacinas, mas disse que é provável que seja necessário se vacinar contra a Covid-19 anualmente.

LEIA TAMBÉM:

> Como as próximas vacinas vão testar eficácia com população já vacinada?

> Aumento da procura por “chip da beleza” preocupa médicos

> Pfizer anuncia que vacina contra covid-19 é segura e protege crianças de 5 a 11 anos

“Em um ano, acredito que seremos capazes de voltar à vida normal”, declarou em entrevista à emissora ABC, dos Estados Unidos. Segundo ele, o cenário “mais provável”, dado que o vírus está “espalhado por todo o mundo”, é que haverá estas novas variantes e, portanto, as pessoas terão de ser tomar vacinas a cada ano.

A vacina de Pfizer/BioNTech é a única totalmente aprovada para utilização pelos órgãos reguladores americanos. As outras duas disponíveis, a vacina de dose dupla da Moderna e a de dose única da Johnson & Johnson, têm autorização de emergência.

Pantanal

Zuleica não aceita morar na fazenda com os filhos

Além da Ilusão

Davi expulsa Iolanda de casa

Novidades da Netflix

Filmes e séries que chegam à Netflix nesta semana

Estreia da semana

5 curiosidades sobre “O Telefone Preto”