Não fosse a pandemia, quem gosta de um bom “arraiá” certamente estaria pulando de festa em festa para saborear a comida típica que marca esta época do ano. De olho neste público, que ficou órfão dos festejos juninos em tempos de isolamento social, surgiu uma nova moda em Curitiba: entrega de kits de comidinhas de festa junina. Muitas pessoas que já trabalhavam com alimentação, e gente que está se arriscando pela primeira vez, criaram caixas especiais com as guloseimas típicas e passaram a fazer delivery.

LEIA MAIS – Arraiá do Padre Reginaldo Manzotti; Elba Ramalho e sertanejo. Veja a programação das lives!

Só no Clube da Alice, grupo de empreendedorismo feminino que surgiu no Facebook e reúne milhares de mulheres do Brasil todo, a cada dia mais pessoas anunciam que começaram a vender os kits juninos, especialmente em Curitiba. E estão fazendo sucesso!

Com o repertório de quem nasceu na Bahia e conheceu in loco toda a efervescência das festas juninas do Nordeste, a empresária Danila Vargas já trabalhava com algumas receitas típicas para eventos em empresas em Curitiba, com produtos como curau (que no Nordeste é chamado de canjica), bolo e pamonha. “Nesta época, fazia de 15 a 20 kits para comemorações da área comercial. Com a pandemia, tive que achar uma saída por conta do isolamento social”, diz.

Foto: Divulgação/Danila Vargas

Como já tinha experiência com a produção e entrega, decidiu montar caixas com diversos pratos juninos, dos quais a grande atração é a canjica, chamada de mungunzá no Nordeste. “A gente capricha com bastante coco ralado, leite de coco e canela. É uma canjica mais ‘temperada’, explica. A festa junina na caixa tem também curau, bolo, arroz doce, pinhão, milho cozido, doce de abóbora, pé-de-moleque e quentão de vinho.

LEIA AINDA – Em casa e com distrações, crianças podem ter regressão de aprendizado na quarentena

Além da caixa completa, Danila pode acrescentar outras receitas, ao gosto do cliente. “Sirvo à parte pamonha, maçã do amor, cuscuz paulista, cuscuz de tapioca e até bolo de chocolate”.

As encomendas podem ser feitas pela página no Facebook ou pelo WhatsApp (41 99632-2010). Os valores do Kit Festa Junina variam de acordo com o número de pessoas. Para duas, sai por R$ 45, para três a quatro, por R$ 65 e para oito, R$ 100. A taxa de entrega para Curitiba é R$ 10 e para a região metropolitana, R$ 15.

A canjica da Danila tem o toque especial do Nordeste. Foto: Divulgação/Danila Vargas

Barraca do Beijo

Quem também decidiu investir na entrega de caixas juninas foi Fernanda Sesterheim, que ao lado da cunhada fundou, em Curitiba, em meio à pandemia, a Belles Souers (que, em francês, significa cunhadas). “Perdemos nossos empregos e decidimos investir na entrega de caixas criativas na casa das pessoas”, diz a empresária. Além das caixas para presente, a Belles Souers investe nas datas comemorativas e não deixou os festejos juninos de fora.

A caixa junina mais completa da Belles Souers, que custa R$ 80 (com opção de meia, por R$ 40), tem um bolo no pote (paçoca, coco ou fubá), pipoca, paçoca, pirulito, pingo de leite, pé-de-moleque, arroz-doce, puxa-puxa, maria-mole, amendoim salgado, maçã-do-amor e mini-empadão (frango ou palmito). Para beber, o cliente pode escolher entre quentão ou suco de uva. Tudo isso vai dentro de uma caixa de MDF.

VIU ESSA? Transição capilar: mulheres valorizam beleza própria assumindo cabelo crespo e cacheado

Há, ainda, a versão criada para o Dia dos Namorados, mas que segue disponível mesmo que a data já tenha passado. No kit Barraca do Beijo (R$ 30) vai um bolo de pote ou um mini-empadão, paçoca, pirulito, pingo-de-leite, pé-de-moleque e doce de abóbora. É possível, ainda, pediu um empadão extra por R$ 10 a mais.

As encomendas pode ser feitas pela Facebook, pelo Instagram ou pelo WhatsApp (41) 99995-1262 ou 99708-4259. A taxa de entrega é sob consulta, já que depende do bairro.

A caixa junina da Belles Souers vem também tem empadão. Foto: Divulgação/Belles Souers

Paixão por festa junina

Para Pamela Kirsten, a festa junina sempre foi a melhor comemoração do ano e em meio à pademia, ela começou a perceber que muita gente, assim como ela, estava triste por não poder festejar este ano. Foi daí que surgiu a vontade de vender os kits juninos. “Pensei em um jeito de levar alegria para as pessoas”, diz.

Apesar de nunca ter trabalhado antes com gastronomia, Pamela transformou a oportunidade gerada pelo isolamento social e seu gosto pelas receitas típicas no modelo de negócio de entrega de caixas juninas em casa.

VEJA TAMBÉM – Criatividade, relaxamento e muito mais! Brincar de colorir faz bem pra criançada

A atração da cesta é o bolo de fubá com recheio de doce de leite, que ela preparou pela primeira vez há dois anos, no aniversário do pai, e foi sucesso absoluto. “Também fiz questão de colocar o pinhão, que é bem típico daqui de Curitiba”, diz.

Além do bolo recheado e do pinhão, na sexta da Pamela vai milho, doguinhos e pasteizinhos de carne, canjica (com coco e canela à parte), pipoca doce, paçoca, pé-de-moleque, dadinho, doce de leite, amendoim doce, doce de abóbora, quentão ou suco de uva. O preço para duas pessoas é R$ 60 e para três, R$ 90.

As encomendas podem ser feitas pelo Instagram ou pelo WhatsApp (41) 99940-4230. A taxa de entrega varia de R$ 5 a R$ 10, dependendo do bairro. Basta consultar na hora de fazer o pedido.


A Tribuna precisa do seu apoio! 🤝

Neste cenário de pandemia por covid-19, nós intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise.

Porém, o momento também trouxe queda de receitas para o nosso jornal, por isso contamos com sua ajuda para continuarmos este trabalho e construirmos juntos uma sociedade melhor. Bora ajudar?