Ele voltou! Robert Amorim era o responsável pelo prato que bombava nos cardápios de Curitiba lá no começo dos anos 2000. Ele comandava o Beto Batata, restaurante que tinha entre as especialidades a famosa Batata Suíça, opção gastronômica que se transformou em referência para Curitiba. Segundo a coluna Panela do Anacreon, da Gazeta do Povo, Robert, o Beto Batata, vai retomar seu famoso prato no restaurante Doce de Cidra, no bairro Água Verde.

+Leia mais! Beto Batata fecha e marca fim de uma era gastronômica em Curitiba

O sucesso do Beto Batata atraiu sócios. Foram abertos mais pontos, inclusive dentro de shopping, mas todos fecharam. Beto então saiu de Curitiba e para outros lugares do Brasil como Chapada dos Viadeiros (GO), Niterói e Búzios, no Rio de Janeiro, foi quando veio o convite do Doce de Cidra.

Quem for ao restaurante já pode encontrar as famosas batatas do Beto no cardápio. São onze recheios diferentes, incluindo alguns clássicos, como o Mignon com cheddar, o de Linguiça Blumenau (os que mais saem) e o de Bacalhau, também muito pedido.

Veja mais detalhes como preços e mais sobre a história de Robert Amorim na coluna Panela do Anacreon, na Gazeta do Povo.

Foto: Divulgação.