Depois de seis meses suspensa com conta de medidas sanitárias, a Linha Turismo está de volta! Com a melhora no quadro da pandemia e o avanço da vacinação, a linha, que estava suspensa há seis meses, retomou sua operação no último sábado (17), e até o próximo domingo (25) segue operando diariamente. A partir desta data, porém, a linha retorna ao seu funcionamento normal, de terça a domingos. Contudo, para garantir os protocolos de segurança, a linha operará com 70% da sua capacidade máxima.

LEIA TAMBÉM

> Shoppings de Curitiba têm atrações seguras para as crianças nestas férias

> Reabertos, cinemas e teatros de Curitiba ainda tentam atrair público e produções

> Curitiba prorroga bandeira amarela, mas SMS pede atenção a nova variante do vírus

Roteiro

Passando por 26 pontos turísticos de Curitiba, a Linha Turismo é uma opção para visitantes e moradores que desejam visitar os principais cartões-portais da capital paranaense, como o Parque Barigui, o Jardim Botânico e o Museu Oscar Niemeyer. Ela percorre cerca de 45 quilômetros em aproximadamente 3 horas. Contudo, com um cartão é possível embarcar e desembarcar ilimitadamente pelo período de 24 horas a um custo de R$ 50 (o período começa a contar no momento do primeiro embarque). Crianças até cinco anos não pagam tarifa.

Linha Turismo Curitiba
O trajeto da Linha Turismo de Curitiba tem cerca de 45km e dura cerca de 3 horas, passando por 26 pontos turísticos da cidade. Reprodução/Site

O ponto inicial é na Praça Tiradentes, porém é possível iniciar o passeio em qualquer um dos 26 pontos. O cartão pode ser adquirido diretamente no ônibus, no momento da utilização (pagamento apenas em dinheiro), e os veículos passam a cada 30 minutos nos pontos. O horário de funcionamento da Linha é das 9h às 17h30.

Retomada

Para garantir a retomada com segurança, os ônibus (que têm capacidade para 67 passageiros sentados) irão circular com 70% da sua ocupação máxima. Além disso, será ofertado álcool em gel para as pessoas.

Além dos protocolos de segurança em relação ao covid-19, as Equipes da Urbanização de Curitiba (Urbs) também precisaram vistoriar o trajeto antes da retomada, já que fazia meses que os ônibus (que contam com dois andares, tipo jardineira, e são abertos no piso superior) não circulavam. Assim, para permitir o retorno, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente realizou podas e adequações nas árvores das ruas pelas quais a Linha Turismo passa.