A Câmara Municipal dos Vereadores aprovou uma homenagem ao maestro paranaense Waltel Branco, um dos principais representantes da música instrumental no Brasil. A partir de agora, a critério da Prefeitura de Curitiba, ruas, praças, salas, jardinetes e afins poderão levar o nome deste que foi um dos maiores instrumentistas do país, nascido em 1929, em Paranaguá, e que morreu novembro de 2018, no Rio de Janeiro.

A proposição foi da vereadora Julieta Reis. Conhecido internacionalmente por ter sido um dos compositores da trilha sonora da Pantera Cor-de-Rosa, Waltel era admirado por músicos de vários estilos e tem uma extensa produção musical em sua carreira de quase 70 anos.

+ Leia mais: Planetários se unem em evento online sobre a chegada da primavera

É considerado um pioneiro na criação de estilos musicais, como o jazz fusion. Morou também nos Estados Unidos, teve atuação decisiva na criação da Bossa Nova, fez parcerias com músico como João Gilberto, um dos percursores do gênero. Morou também na Europa e Asia, e especializou-se em trilhas sonoras. Trabalhou com Nat King Cole e outros nomes importantes dos Estados Unidos.

Ao todo compôs mais de 5000 composições, arranjos e colaborações. Já tocou com os maiores nomes do Brasil, como Dorival Caymmi, Nana Caymmi, João Gilberto, fez arranjos para Roberto Carlos, Cazuza, Tim Maia, Djavan, Cartola, Gal Costa,Maria Creuza, Vanuza, Mercedes Sosa, Astor Piazzola, Zé Keti, Peri Ribeiro, Sérgio Ricardo e Tom Jobim.