Morreu nesta terça-feira (29), em São Paulo, o artista gráfico Elifas Andreato, aos 76 anos de idade. Natural do Paraná, ele vivia na capital paulista. Andreato faleceu depois de complicações decorrentes de um infarto que havia sofrido há alguns dias.

Ao longo de seus mais de 40 anos de carreira, Elifas se tornou conhecido por ter criado e produzido 362 capas de discos, de artistas como Chico Buarque de Holanda, Elis Regina, Adoniran Barbosa, Paulinho da Viola, Martinho da Vila, Toquinho e Vinícius de Moraes.

LEIA TAMBÉM:

>> Obras de Poty Lazzarotto são doadas pela família para o Museu Oscar Niemeyer

>> Festival de Curitiba 2022: confira a programação de espetáculos gratuitos

Ele também produziu peças de grande qualidade artística, com projeção internacional e reconhecimento no mundo inteiro, além de cartazes, gravuras e ilustrações. Foi diretor editorial do Almanaque Brasil de Cultura Popular, revista distribuída a bordo das aeronaves da companhia aérea TAM, para assinantes e bancas.

O velório será às 16h no crematório da Vila Alpina, na Zona Leste, da cidade.

Pantanal

Guta diz aos pais que não vai se casar com Tadeu

Curitiba e região

Frente fria chegando! Confira a previsão

Loterias

Apostou? Veja o resultado das loterias!

Além da Ilusão

Úrsula afirma a Eugênio que esta grávida