Armazém Colônia

Sanduíche italiano é um dos destaques do cardápio do Armazém Colônia.
Foto: Divulgação

Panuozzo é a novidade do Armazém Colônia Forneria e Pizzaria, que está fazendo sucesso com a reprodução impecável do sanduíche recheado vendido em Nápoles, na Itália! O sanduíche (cujo nome se pronuncia “panutzo”) é preparado com a massa assada da pizza e tem formato próximo ao pão ciabatta. É leve, pois a massa feita no padrão napolitano leva apenas farinha 00, água mineral, sal marinho e levain (fermento natural). Os sabores seguem as receitas das coberturas das pizzas e têm opções vegetarianas e veganas. Entre as alternativas estão Amatricciana e Margherita, Zucchine (molho, muçarela, gorgonzola, abobrinha, alho-poró e tomate-cereja).

Onde: Av. Vicente Machado, 1.168 – Batel
@armazem.colonia

Sorvete da Fábrika Pães & Café

Cardápio oferece diversas opções de sorvetes.
Foto: Divulgação

Como uma aposta para os dias mais quentes, o espaço especializado em pães de fermentação natural de fabricação própria criou uma linha de sorvetes e sorbets feitos a partir de ingredientes naturais, com sabores que variam diariamente, como melancia, amora, morango, maracujá, gengibre, cereja, baunilha e chocolate 70%. As porções são vendidas em potes de 120 g (R$ 12) e meio quilo (R$ 35). A sobremesa refrescante se une a outras tentações da confeitaria da casa, que tem sonhos, tortas e brownies no cardápio.

Onde: R. Schiller, 1.305 – Cristo Rei
@fabrikapaes

Mercearia do Português

Mercearia do Português. Foto: Luiz Augusto Xavier/ Gazeta do Povo

Imperdível! Quem é fã daquele leitão pururuca que desmancha na boca não pode deixar de conhecer essa novidade. A Mercearia do Português passou a servir o Leitão Bairrada, um dos pratos regionais mais conhecidos e apreciados da região da Bairrada, nomeado uma das 7 Maravilhas da Gastronomia de Portugal. E aqui é servido do jeito que manda a tradição: crocante por fora e macio por dentro – de tão macio, é cortado com um prato. O leitão não consta do cardápio regular, é preciso fazer reserva. É servido inteiro ou pela metade. Meio leitão serve de cinco a seis pessoas e custa R$ 435, com acompanhamentos (arroz, salada de folhas, tomates e fatias de cebola roxa, chips de batata frita e molho do próprio assado).

Onde: Rua Chile, 2.041 – Rebouças
@merceariadoportugues

Street 444 Patagônia

Cardápio do restaurante é voltado para as carnes.
Foto: Divulgação

Inspirado na região entre Argentina e Chile, o Street 444 inaugurou em dezembro um gastrobar com torneiras de chopes e área com mesas externas. A gastronomia rústica é um dos atrativos. A casa tem, no almoço, o prato do dia – o restante do menu está disponível o dia todo. Para começar, provoleta à la plancha, quatro tipos de linguiça (campeira artesanal, calabresa tradicional ou de cordeiro), e papas rústicas. Nos pratos principais têm assados na parrilla. Para comer com a mão, choripan e hamburguesa com queijo e salada. O gastrobar segue os protocolos de segurança da pandemia e tem menu via QR Code.

Onde: Rua General Mário Tourinho, 573 – Seminário
@street444_patagonia

Miuq

Foto: Divulgação

O MiuQ, em uma leitura rápida, remete à palavra milk, que em inglês significa leite. O nome desse novo espaço gastronômico representa o principal ingrediente dos preparos que saem da cozinha, que tem o chef Felipe Machoski e Victor Verona no comando. Seja na sua versão animal, seja na vegetal – um alento para os intolerantes à lactose, o leite dá o tom em pratos como o risoto de moqueca, leite de coco, vieiras grelhadas e bacon (R$ 79) ou o ravióli de camembert de cabra, damasco e nuts com creme espumante (R$ 59).

Onde: Avenida Dr. Carlos de Carvalho, 1.160 – Bigorrilho
@miuqrestaurante

Italy Caffé

Foto: Divulgação

Quem já é fã do pequeno Italy do centrão de Curitiba, agora tem uma opção em outro endereço, e com mais conforto. Autodefinida como “típica cafeteria romana, rústica e moderna”, a unidade do Juvevê fica em uma casa térrea – um ambiente amplo e colorido, com capacidade para 110 pessoas (número um pouco reduzido por conta do protocolo da pandemia). E, como o da Praça Osório, funciona o dia todo, com sugestões para o almoço, lanche e happy hour. Tem carta de cafés, pães, sanduíches, doces e sorvetes, além de sodas italianas, sucos naturais, chás italianos, soft drinks, vinhos em taça e cervejas.

Onde: Rua Rocha Pombo, 243 – Juvevê
@italy_caffe

Beermad

Foto: Divulgação

Os apreciadores das cervejas especiais têm um novo ponto de encontro no Batel. É a segunda unidade da Beermad, que agora amplia sua carta. Além dos chopes artesanais, como a famosa IPA Cream e Mutum Cavalo, que valoriza cervejarias locais, a nova unidade conta com um cardápio de drinks preparados pela bartender Cissa Mariah. Outra novidade é o cardápio de comidas que inclui o sanduíche de mortadela com queijo e o de pastrami. Na decoração, o bar tem obras do artista Marcelo Bittencourt (O homem que voa), que preparou uma viagem ao “país das maravilhas” nas paredes.

Onde: Rua Dom Pedro II, Shopping Novo Batel.
@beermadbatel

Mundo Animal


À primeira vista, a lanchonete temática Mundo Animal, inaugurada no início da pandemia, parece mais um parque infantil do que um local exclusivamente focado em gastronomia, tamanha a inspiração safari na decoração. Na verdade, a marca gaúcha, que já tem unidades em oitos estados, busca oferecer mais do que comida, uma experiência divertida especialmente para as crianças. Não à toa, o garoto-propaganda da marca é o simpático leão Leonel, que comanda a selva. Os animais também dão nome aos pratos, como a torre de batatas rinoceronte, feita com picanha, queijo e fritas.

Av. Iguaçu, 172 – Rebouças, Curitiba – PR, 80230-020 @euamomundoanimalcuritiba