Pra você estava ansioso em curtir uma boa peça de teatro junto com a criançada, mas que não pôde fazer isso durante a pandemia, esta é uma ótima notícia. João e o Pé de Feijão encerra a terceira edição do Festival de Teatro Infantil “Era uma vez…Eram duas, eram três”. Esta será a única peça do festival com platéia física.

Produzida pela Montenegro por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e apoio da Associação dos Amigos do HC, a última temporada de apresentações de 2021 acontece no sábado (23) e domingo (24) no Teatro Bom Jesus (Rua 24 de maio, 135) às 16h, com capacidade reduzida.  Com direção da Cia do Abração, a peça aborda temas como a preservação do meio ambiente e a valorização das virtudes humanas. 

As apresentações vão seguir todas as diretrizes da Organização Mundial de Saúde (OMS) – medição de temperatura, distanciamento nas filas/poltronas, uso do álcool em gel, uso obrigatório de máscaras, entre outros. Para garantir mais segurança, os lugares serão marcados e o público será acomodado a cada duas pessoas com intervalo de uma poltrona.

Além do espetáculo, o público poderá apreciar o figurino do Pé de Feijão, criado pelo figurinista e artista visual Gustavo Krelling para a exposição “Caminhos do Encantamento”, que ficará disponível para visitação gratuita no hall de entrada do teatro.  

“O figurino inspirado em João e o Pé de Feijão, assim como os outros que fazem parte da exposição, é feito com materiais reciclados ou inusitados, muitos deles de reutilização. Ele é feito com garrafas pet retorcidas, mangueiras de jardim, pedações de utensílios de cozinha, espuma e galhos. Tudo isso criando um volume e uma variedade de cores e texturas para representar o pé de feijão. Foram usados mais de 250 metros de mangueira, simbolizando os cipós e as raízes, o que resulta em um figurino muito inusitado e interessante”, comenta Gustavo.

“Estamos nos sentindo quase como se fosse a primeira vez! Toda estreia é emocionante, mas essa está sendo em dobro, pois estamos há quase dois anos (que pareceram um século!) longe das plateias presenciais”, revela Letícia Guimarães, da Cia do Abração, responsável pela direção.

As produções trazem leituras contemporâneas dos clássicos com linguagens que refletem temas cotidianos de pais e filhos. João e o Pé de Feijão, inspirada no original inglês de Joseph Jacobs, é contextualizado na cultura brasileira das festas populares de São João, para ressaltar temas como a preservação do meio ambiente e a valorização de virtudes humanas, das produções artísticas e culturais, como caminho expressivo de possibilitar a renovação e recriação de nossas histórias, em busca de sempre novas “estórias”. 

A contrapartida social desse projeto é realizada em parceria com a Associação dos Amigos do HC, que ficará com a renda integral da bilheteria, além de apresentações exclusivas aos pacientes do DEDICA – Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente, programa de enfretamento à violência infantil mantido pela associação, oficinas criativas e de contação de histórias.

Ainda como parte do projeto, a construção de um novo espaço de leitura nas instalações do DEDICA está prevista para ser entregue no segundo semestre. Escolas públicas vão receber também apresentações dos espetáculos, que devem atingir um público total de 5.000 mil pessoas, entre alunos e professores.

Com essa terceira edição, o festival deverá ultrapassar a marca de 10 mil espectadores. “Gerar valor aos produtos culturais é a fórmula de sustentabilidade de um segmento tão sensível as oscilações da política e economia. Ao nos colocarmos como parte da máquina, gerando empregos, renda, impactos sociais e de imagem, garantimos a continuidade das produções artísticas”, afirma Carolina Montenegro, diretora da empresa, que já aprovou e executou mais de 80 projetos.

Ingressos

Os ingressos para o espetáculo João e o Pé de Feijão estão à venda e custam  R$30,00 (inteira)/ R$15,00 (meia-entrada) / R$10,00 (promocional antecipado). A meia-entrada é para estudantes, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes, idosos acima de 60 anos, doadores de sangue, professores e portadores de câncer. 

Pontos de Venda: Disk Ingressos (Ventura Shopping – de segunda a sexta, das 11hs às 22hs, aos sábados, das 10 às 22 horas, e aos domingos, das 14 às 20hs)Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22hs, e aos domingos, das 9 às 18hs). É obrigatória a apresentação de documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário na compra do ingresso e na entrada do teatro.