A Pfizer deve enviar nos próximos meses à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um pedido de autorização para vacinar as crianças entre seis meses e cinco anos de idade contra a Covid-19 no país. As informações foram divulgadas pela presidente da farmacêutica no Brasil, Marta Díez, em entrevista para a Folha de S. Paulo.

LEIA TAMBÉM:

>> Anvisa aprova novo tratamento simplificado para a Aids: apenas um comprimido

>> Vacina da Pfizer contra Covid tem eficácia de 100% para jovens de 12 a 15 anos

Segundo a executiva, o pedido apresentado no país para imunizar essa faixa etária será o mesmo feito em outras agências reguladoras no mundo e dependerá ainda dos resultados de exames e dados específicos que serão analisados pela empresa. No Brasil ainda não há imunizantes contra a Covid-19 liberados para menores de 12 anos.

No dia 12 de novembro a Pfizer já havia solicitado à agência reguladora o pedido para incluir a faixa etária de 5 a 11 anos na indicação da sua vacina contra a Covid-19. Na ocasião, a Anvisa afirmou que a análise técnica será feita de forma rigorosa e com toda a cautela necessária para a inclusão deste público específico. O prazo de avaliação do pedido é de até 30 dias. Há um mês diretores do órgão receberam ameaças devido à possibilidade de autorização da vacinação de crianças contra a Covid-19.

Web Stories

Estreias da semana

Final de La Casa de Papel chega nesta sexta na Netflix, confira lista!

Passo a Passo

Saiba como usar as funções PIX Troco e PIX Saque

Cuidado

O Cravo e a Rosa volta dia 06 de dezembro; conheça curiosidades sobre a novela

Quanto mais Vida, Melhor

Odete obriga Juca armar contra Jandira