Idosos, gestantes e imunossuprimidos (tanto por condições clínicas como decorrentes de tratamento) devem ficar atentos na hora de comprar alimentos minimamente processados, como frios fatiados e vegetais pré-embalados. Isso porque esses produtos podem oferecer condições propícias para a proliferação de uma bactéria ainda pouco estudada no Brasil.

LEIA MAIS – Receitas com pinhão: Chefs dão ideias pra cozinhar com o ingrediente preferido dos curitibanos

A informação, compartilhada no site Alimentos sem Mitos, iniciativa ligada à Fapesp, pela bióloga Maria Teresa Destro, ex-professora da USP e consultora na área de microbiologia de alimentos, diz respeito à Listeria monocytogenes, que sobrevive e prolifera a baixas temperaturas e pode estar por trás de doenças importantes que atingem esse grupo de risco. “Ambientes com alta atividade de água, que é o caso dos queijos frescais e brancos macios, também são propícios para o desenvolvimento dessa bactéria”, disse a bióloga.

Mesmo com tratamentos térmicos e químicos, a bactéria, que se desenvolve em ambientes com e sem oxigênio, pode permanecer nos alimentos ou chegar a eles por contaminação pós-processamento e na manipulação desses produtos.

Presunto fatiado
Presunto fatiado. Foto: Freepik/Topntp26

Efeitos

Se em uma pessoa com boa imunidade essas bactérias podem não causar mal ou apenas uma infecção alimentar, em pessoas suscetíveis como gestantes, idosos e imunodeprimidos como transplantados, diabéticos e portadores de HIV, pode causar a listeriose invasiva, que em alguns casos leva a meningite, encefalite, pneumonia, entre outras doenças graves. Nas grávidas, essa infecção mais grave pode causar a morte do bebê ou um parto prematuro.

VIU ESSA? Para quem tem hipertensão, cortar o sal não é suficiente para controlar a pressão arterial

Apesar da pouca incidência, a mortalidade pela bactéria é alta, de 30% a 50% dos infectados, muito maior do que a mortalidade por Salmonella, de cerca de 1%, segundo a bióloga, que aponta a diferença de risco entre frios fatiados na hora e os embalados. “A própria máquina fatiadora pode ser um meio de transmissão, seja na padaria, seja na própria indústria, que vende frios fatiados embalados a vácuo com 45 dias de validade”, diz ela, afirmando que frios fatiados na hora e consumidos em dois, três dias, têm risco baixo de veicular a bactéria.

LEIA TAMBÉM – Cortar de vez leite, carboidratos e açúcar da dieta vale a pena? Especialistas explicam

Maria Teresa disse que se na União Europeia, nos Estados Unidos e na Austrália, a ligação da Listeria monocytogenes com abortos e outras doenças graves é objeto de investigação por autoridades sanitárias, aqui faltam dados conectando a incidência da bactéria a doenças.

Fique de olho

Se você tem as condições acima citadas, evite ingerir esses alimentos próximos da validade:

  • Minimamente processados: vegetais pré-embalados, sanduíches industriais pré-preparados, frutas pré-cortadas
  • Queijos macios: brie, camembert e frescal
  • Frios fatiados e pré-embalados com período de validade muito grande