Mal acabou o Natal e já tem muita gente pensando nas comilanças da ceia de Ano Novo, na próxima terça-feira (31). A comemoração pela chegada do novo ano é envolto em muitas superstições, com as cores que usamos e os alimentos que decidimos comer na virada para o novo ciclo. Você sabe o que cada alimento representa? Confira a lista abaixo!

Verduras

A tradição diz que comer qualquer tipo de verdura ajuda a manter o dinheiro na carteira. O ideal é comer mais de um tipo. Outra vantagem é que facilita a digestão das ceias.

+Caçadores! Vinícola em Colombo conquista prêmio e coloca espumante feito na RMC entre os melhores do mundo!

Figo

O fruto acompanha saladas e sobremesas e serve para garantir boa saúde para o novo ano.

Romã

Outra tradição é comer romã no reveillon e guardar as sementes na carteira. Essa fruta tem propriedade antioxidante, rica em vitaminas A, B, C e ácido fólico. Faz bem para o intestino e para a pele.

Uva

Na ceia de Natal, frutas como a uva e também a uva-passa, adoçam nossa ceia, e ajudam a começar o ano com mais doçura.

Peixe

Muitas culturas acreditam que os peixes são símbolo de fertilidade e abundância.

Grãos

Em muitos países as pessoas os comem para ganhar dinheiro e ter um próspero Ano-Novo.

Carne de porco

O porco simboliza o progresso e seu tamanho representa a abundância.

Lentilha

A lentilha simboliza fartura, prosperidade, renovação e renascimento. A lentilha é deliciosa e nutritiva, é rica em ferro e fibras.

Arroz

O arroz simboliza abundância, felicidade e riqueza.

Frutas secas

As frutas secas representam fartura.

CerejaA cereja, com sua cor vermelha, remete ao romantismo.

Maçã

A maçã está relacionada com a fecundidade, além disso é uma fruta leve, suave e saborosa para a ceia.

Folha de louro

As folhas devem ser trocadas entre as pessoas e ao final, guardadas na carteira para que não falte dinheiro

Azeitona

É considerada símbolo da paz e seu azeite é um poderoso condensador, purificador e intensificador de energias.

Tudo no Mercado Municipal!

Todos estes itens podem ser encontrados no Mercado Municipal de Curitiba, que terá o atendimento segue até o dia 31, às 16h. Depois deste dia, o Mercado só vai reabrir no dia 3 de janeiro de 2020.