Fizemos uma seleção de destinos perto da capital paranaense para você e sua família aproveitarem o fim de semana sem deixar de lado os cuidados durante a pandemia. Em todos eles, o uso de máscara é obrigatório, assim como a higienização frequente das mãos. Além disso, para mais segurança em relação ao controle de pessoas, as experiências devem ser agendadas previamente.

+Leia mais! Ekôa Park, no litoral, é um espaço ideal para os amantes do ecoturismo

Tarde de vinho e sossego

Na Vinícola Legado, a 30 km de Curitiba, o descanso regado a vinhos premiados pelo terroir de Campo Largo é possível de duas formas: com visita guiada pela propriedade (sempre às 15h dos fins de semana) e com piquenique no wine garden. No passeio de 1h30, os visitantes andam de carreta, conhecem a produção dos vinhos e degustam dois rótulos no vinhedo, ao ar livre. A experiência custa R$ 40 e no momento se restringe a 12 pessoas por vez.

Já o piquenique é montado em mesas de pallets e assentos de futons e pode ser encomendado a R$ 130 ou a R$ 280 por casal, das 12h às 17h30. O primeiro valor conta com uma garrafa de vinho ou espumante, água mineral, balde de gelo e taças de acrílico para levar para casa; já a segunda opção inclui tábua de frios, torradas, salgados, bolo, frutas, geleia, mel e trufas. Crianças até cinco anos não pagam; de seis a 17 anos o valor adicional é de R$ 30 e um adulto extra paga R$ 50. Além do limite de 10 famílias por dia, cada grupo é disposto com distanciamento entre três e quatro metros.

Serviço@vinicolalegado | Reservas por WhatsApp: (41 ) 9 9199 -9744 | RODOVIA PR -510, 5800 – Fazendinha, Campo Largo

Um refúgio na Mata Atlântica

Um local para descansar o corpo e a mente em um dos recantos mais charmosos de Morretes, a Casa da Estação. Foto: Daniel Chiacos / Divulgação.

Precisando se reconectar com a natureza por um tempo maior? Reserve um fim de semana para descansar o corpo e a mente em um dos recantos mais charmosos de Morretes, a Casa da Estação. Com clima intimista, o local fica a 70 km de Curitiba e tem apenas seis suítes com capacidade para até 17 pessoas. Entre as medidas de segurança adotadas nos últimos meses estão o café da manhã, agora servido individualmente nas mesas ao ar livre, e o rodízio para o gazebo da lareira – cada suíte pode desfrutar do espaço por uma hora. As diárias por casal começam em R$ 460.

Intensifique a experiência com um piquenique inesquecível no jardim de 8 mil m². Dentro de uma tenda de voil armada sob uma árvore de abiu, os hóspedes aproveitam a tarde ao som de vinis e uma seleção de quitutes feitos com insumos locais. O valor por casal de hóspedes é R$ 320 e, no caso de uma comemoração de aniversário, o limite é de 10 pessoas (adicional de R$ 100 por pessoa). Reservas com 48h de antecedência.

Serviço – @casadaestacao | Reservas pelo site casadaestacaomorretes.com.br | RUA LUÍS BASTOS, 92, Rocio – Morretes

+Litoral! Após 30 anos, trem caiçara volta a circular entre Morretes e Antonina, no Litoral

Almoço em família na natureza e banho de cachoeira

O destino fica a 60 km de Curitiba e é conhecido como a Cachoeira do Panelão. Foto: Lucas Raginski/Divulgação.

Para saciar a vontade de uma tarde de sol com diversão e água fresca, anote na lista: o destino fica a 60 km de Curitiba e é conhecido como a Cachoeira do Panelão. Se você já conhece o espaço, prepare-se para algumas mudanças durante a pandemia. O local restringiu o acesso para 30% da capacidade total: são permitidos no máximo 200 adultos por dia, com reserva antecipada. Funciona nos finais de semana e feriados nacionais.

Além disso, os visitantes não podem mais levar o próprio lanche e o ingresso da entrada (R$ 79,90 para adultos e valores menores para crianças até 12 anos) dá direito a um almoço completo no novo restaurante. O cardápio é fixo e tem cinco tipos de saladas, carnes variadas, massas, batata frita e farofa, além de sobremesas. No mais, a infraestrutura se mantém a mesma, com bombeiros salva-vidas e chuveiros quentes.

Serviço@cachoeiradopanelao | Reservas: (41) 9 9510-1530 | BR 277, km 146, Porto Amazonas.

Aventura pelos Campos Gerais

Uma cachoeira de 30 metros de altura que deságua dentro de uma furna, formando um pequeno lago no chão arenoso. Este é o Buraco do Padre. Foto: Renato Machado/Divulgação.

Um pouco mais distante fica o Parque de Natureza Buraco do Padre. A 120 km da capital paranaense, a propriedade integra o Parque Nacional dos Campos Gerais e conta com um atrativo de prender o fôlego: uma cachoeira de 30 metros de altura que deságua dentro de uma furna, formando um pequeno lago no chão arenoso. O local foi batizado no século 18, época em que era frequentado por padres jesuítas.

Com novas medidas de segurança, a visita à furna está restrita a 50 pessoas por vez (antes era ilimitado). Se há grupo de espera, o tempo de permanência é de 30 minutos. Além do atrativo, há outras experiências no parque, como a fenda da freira, escalada em rochas e aula de yoga noturna – todas com ingressos à parte. Para crianças, um espaço com cama elástica, escorregador e outros brinquedos. O ingresso custa R$ 30 (tem também meia entrada e crianças de até quatro anos não pagam) e o parque abre de quarta a domingo, das 9h às 17h.

Serviço@buracodopadre | Reservas: buracodopadre.com.br| PERI PEREIRA COSTA. Setor Cercadinho – Distrito de Itaiacoca, Ponta Grossa.

+Viu essa? Linha Turismo volta a circular em Curitiba. Aproveite!

Pra ver a cidade lá do alto

Air Company Balonismo realiza desde 2011 o passeio em Campo Largo, na região metropolitana. Foto: Mvpdrone/Divulgação.

Se o seu tipo de aventura é menos pé no chão e mais cabeça nas nuvens, que tal um passeio de balão? Imagine a cena: você dentro de um daqueles cestos de filmes e pouco a pouco chega mais perto do céu, até uma altura de mil metros. Depois de passar uma hora sobrevoando a paisagem verde de Campo Largo e avistando Curitiba no horizonte, um brinde de espumante em terra firme, como manda a tradição do balonismo.

Esse é o tipo de experiência que a Air Company Balonismo realiza desde 2011 e, nos últimos meses, a procura pelo passeio cresceu 50%. Há duas opções de voo: para casais (R$ 1.500) e em grupo, para até 10 pessoas (R$ 400 o ingresso). O agendamento deve ser feito com 15 dias de antecedência; porém, dependendo do tempo, pode ser adiado. As decolagens ocorrem em dois horários, às 6h e às 16h. A única restrição é para crianças menores de seis anos e gestantes.

Serviço@aircompanybalonismo | Reservas: (41) 9 9214-7952 | As decolagens ocorrem no Parque Newton Puppi: R. DA SUBESTAÇÃO DE ENOLOGIA, 1444 – Vila Bancaria, Campo Largo.

Churrasco no quiosque ou uma caminhada pela natureza

O espaço, idealizado na década de 1940, funciona como um recanto de preservação da natureza. Foto: Divulgação/Ouro Fino.

Seja qual for seu estilo de fim de semana, pode escolher entre as duas opções na Estância Ouro Fino, em Campo Largo. O espaço, idealizado na década de 1940, funciona como um recanto de preservação da natureza e recebe visitantes de terça a domingo, das 9h às 17h. O ingresso custa R$ 25 para adultos e R$ 12 para crianças. Para alugar uma das 17 churrasqueiras do local, a dica é fazer uma reserva antes (R$ 20).

Embora a piscina e a cascata de água mineral não estejam abertas ao público por conta da pandemia, existem outras atrações na estância. Uma delas é o passeio guiado pelo Mantenedor de Animais Silvestres, uma parceria da empresa com o Ibama há mais de 20 anos, em que araras, periquitos e até um mico leão dourado vivem no espaço depois de terem sido resgatados. Tem também mais de quatro trilhas de diversas dificuldades, que dão acesso a uma paisagem especial. Nos fins de semana, o restaurante L’Adore oferece pratos que vão de R$ 15 a R$ 25, entre massas e porções.

Serviço – @aguasourofino | Reservas: www.aguasourofino.com.br/estancia-ouro-fino | ESTRADA DE OURO FINO, s/n – Bateias, Campo Largo.