O feriado de Sete de Setembro, normalmente, é o que marca o retorno dos curitibanos ao Litoral do Paraná após o período mais rigoroso do inverno. Tanto é que as estradas registraram movimento intenso em direção às praias no fim de semana. Só na BR 277, a presença de cerca de 43 mil veículos foi registrada entre a sexta-feira (5) e o sábado (6). Mas, a casa que foi fechada ao final da temporada passada sempre precisa de uma atenção especial e quem tem casa na praia precisa atentar às manutenções necessárias antes de correr para o mar.

LEIA TAMBÉMDa cozinha ao banheiro: seis maneiras de usar o vinagre na limpeza da casa

Veja seis dicas para você dar uma atenção especial à sua casa de verão neste feriado da Independência, sem esquecer que, neste ano de 2020, ainda é preciso checar as autorizações das cidades quanto às atividades liberadas por conta da pandemia de coronavírus.

Dicas

1 – Pouco antes de abrir a casa novamente, é importante programar dedetização e sanitização, para eliminar insetos e microrganismos indesejáveis. E já que a faxina está programada, que tal aproveitar para mudar detalhes e deixar o ambiente renovado para o verão?

2 – Cortinas são ótimas para reduzir a entrada do sol chapado nos ambientes, mas nos locais de veraneio é importante que elas sejam leves e de cores claras para favorecer a passagem de luz, além de dar mais leveza aos ambientes;

3 – Fique de olho em tudo que for de tecido na casa, pois ambientes de praia que passam muito tempo fechados podem desenvolver mofo com facilidade. Trocar cortinas, limpar estofados e tapetes e arejar os cômodos e armários em locais com pouca luz é essencial para combater o mofo. Para diminuir o risco de o fungo retornar, a sugestão é a instalação de um desumidificador, que mantém os níveis de umidade do ar saudáveis.

4 – As áreas externas demandam um pouco de atenção para os revestimentos e pintura. A fachada de prédios e casas sofre bastante com a ação do clima (chuva, incidência solar, ventos e maresia), sendo interessante planejar a pintura de tempos em tempos, e dando preferência para tintas acrílicas com tratamento anti-mofo. No caso dos locais com revestimento de pedras – muito comuns em casas litorâneas -, a limpeza deve incluir esfregação com água e sabão (evitando esponjas que possam riscar a pedra), além de produto impermeabilizante, para evitar manchas.

5 –  Casas de praia precisam de um ar de descanso, e ter muitos móveis pode atrapalhar na hora de relaxar. Opte por apenas o necessário, e prefira a mobília de materiais laváveis, com verniz náutico, tecidos impermeáveis e fibras sintéticas. Esses produtos sofrem menos com a ação da maresia;

6 – Se a opção envolver pintura aproveite para abusar das cores claras no interior da casa, que ajudam no toque de leveza e não ficam cansativas aos olhos. Se possível, utilize tinta acrílica com tratamento anti-mofo.