Nas flores, a primavera desperta cores e aromas; em nós, o desejo de estar ao ar livre e aproveitar os dias ligeiramente mais longos com temperaturas mais amenas. Assim, o clima primaveril torna o turismo de flores uma excelente opção para curtir o final de semana. Já pensou fazer um piquenique em meio aos campos de camomila? Ou, ainda, passear em meio aos girassóis e lavandas?

Todas essas experiências estão a, no máximo, uma hora de Curitiba e podem ser feitas de maneira segura em meio à pandemia, mediante agendamento. Confira as dicas da Pinó para planejar seu próximo passeio!

Camomilas

Foto: Divulgação

Localizada em São José dos Pinhais, a Colônia Marcelino é referência quando o assunto é camomila. De acordo com Mônica Ienkot, que é vice-presidente da Associação de Produtores Rurais, Artesãos e Empreendedores de Turismo do Taquaral e Região (Acamp), sua produção perde apenas para Mandirituba, que é o maior produtor da América Latina. E se a camomila é uma velha conhecida do nosso paladar e olfato, talvez seja novidade degustá-la também com os olhos: suas flores, branquinhas e miúdas, formam campos lindos nesta época do ano.

+ Leia mais: Que tal andar com o ônibus da linha Turismo pagando só R$ 4,50? Isso é possível!

Para conferir as plantações, a dica é seguir uma rota turística chamada Rota das Colônias, que contempla, entre outros negócios, algumas plantações de camomila. Entre elas, está o empreendimento da Família Ienkot, que oferece um piquenique em meio aos campos floridos.

O day use custa R$ 25 por pessoa, com acesso à propriedade, espaço para trilhas, fazendinha, wi-fi e banheiros. Para incluir o piquenique, o valor é de R$ 120 para uma cesta que serve até 2 adultos e R$ 99 a cesta kids. Há valores especiais no caso de eventos que demandem mais de 10 cestas.

O plantio da camomila, explica Ienkot, permite três colheitas a cada florada. Assim, são grandes as chances de vislumbrar as camomilas em flor durante o mês de setembro em diversas propriedades de forma simultânea no percurso da Rota das Colônias.

Serviço

Espaço Família Ienkot

Rua Vereador Domingos Benvenuto Moletta,16.231, Colônia Marcelino, São José dos Pinhais (em frente à Igreja Ucraniana).
Sábados, domingos e feriados, das 10 às 17 horas. Informações e agendamento pelo telefone/WhatsApp: (41) 99833-6304.

Lavandas

Foto: Divulgação

Na Colônia Witmarsum, a cerca de 70 km de Curitiba, a cor e o aroma de um campo de lavandas atraem turistas como se fossem abelhas. É o Lavandário dos Sonhos, um empreendimento familiar que surgiu a partir da paixão de Dagmar Simone Janzen Lemos pela flor. “Há muito tempo, pedi pro meu esposo plantar um jardim onde pudesse cultivar variedades de lavandas, que já vinha colecionando”, conta. “É também uma forma de reflorestarmos o terreno que herdamos de nossos pais, homenageando os pioneiros dessa terra”.

+ Veja também: Fotógrafo de Curitiba registra momento em que a vida “deu na cara da gente”

O lavandário permite o aluguel para ensaios fotográficos, sejam eles comerciais ou familiares, bem como visitas pontuais com duração de uma hora aos finais de semana, das 10h às 18h. O valor para ensaios gira em torno de R$ 45, enquanto o ingresso para a visita sai por R$ 15. Essas visitas estão previstas para acontecer até dezembro de 2021, depois o foco do lavandário vai mudar para experiências mais imersivas, no segmento de turismo de isolamento, com novidades a serem divulgadas.

Além do campo de lavandas, a propriedade conta com um armazém, no qual são vendidos diversos produtos feitos a partir da lavanda, como chá, sorvete, geleia, cremes, sabonetes, óleos essenciais, velas aromáticas, mudas e outros souvenirs temáticos. Também é possível encomendar buquês de lavanda.

Diferentemente da camomila, a lavanda conta com diversas espécies que podem florescer durante todo o ano, exceto no caso de geadas fortes. “Temos a espanhola que floresce na primavera, a angustifolia no verão e a dentata durante o ano todo. Mas, sem dúvidas, a primavera é a época em que tudo se renova por aqui!”, celebra Dagmar.

Por ser uma área rural, Dagmar alerta que as ruas não possuem nome. Mas basta jogar no seu GPS o nome “Armazém do Campo, colônia Witmarsum” para encontrar o caminho.

Serviço

Armazém do Campo na colônia Witmarsum

Colônia Witmarsum, Palmeira, Paraná.
Sábados e domingos, das 10h às 18h. Informações e agendamento pelo telefone/WhatsApp: (41) 99724-0477

Girassóis

Foto: Divulgação

Tudo começou com um desejo de Isabela Almeida: fazer uma sessão de fotos em meio a um campo de girassóis. Sem opções próximas de São José dos Pinhais, ela pediu ao sogro um pedacinho de terra em sua propriedade rural e plantou o que hoje chama de Minicampo de Girassóis.

O que começou com mil metros quadrados, agora dobrou de tamanho e recebe turistas de todo o Paraná. “Decidimos fazer algumas fotos com uma fotógrafa profissional e publicamos nas redes sociais. Repercutiu demais! Como não existe plantação de girassol em Curitiba e região, o espaço bombou”, conta.

Aberto ao público mediante agendamento, o espaço pode ser visitado ou alugado para ensaios fotográficos e piqueniques em pequenos grupos. Para fazer uma pausa de 30 minutos no campo, é cobrado R$ 15 por pessoa. Já para ensaios fotográficos profissionais, o valor é de R$ 60 para a locação, mais R$ 15 por pessoa, para o período de 1 hora.

+ Leia mais: Shopping de Curitiba cria espaço lúdico do Palhaço Zequinha no mês das crianças

Mas para os girassóis, a primavera paranaense não marca a florada, e sim o plantio das sementes. Assim, as flores vão desabrochar pela primeira vez durante o comecinho do verão. Essa dica, portanto, é para anotar na agenda: a partir de novembro você poderá desfrutar do minicampo de girassóis. “A gente planta no finalzinho de agosto e o último plantio que conseguimos fazer é entre março e abril, para ter flores antes da geada”, conta Isabela. “Leva em torno de 70 a 75 dias para florescerem. Se tiver calor, duram em média 30 dias. Tudo depende do clima e do sol”.

Serviço

Minicampo de Girassóis @isacampodegirassol

Rua Emerson Greboge s/n, Colônia Murici, São José dos Pinhais (a 200 metros do Acqua Park Recanto Sertanejo e ao lado da Igreja Católica das Gamelas). Informações e agendamento pelo telefone/WhatsApp (41) 99627-0419.