“Vamos sair juntos da tempestade”, esse é o lema que vem unindo forças entre os profissionais da Escola de Educação Infantil e Berçário Peixinho Dourado, em Curitiba, e as dezenas de pais de alunos que, assim como tantas famílias no mundo, estão aprendendo a lidar com as dificuldades decorrentes da crise atual.

LEIA MAIS – Mãe é heroína de UTI neonatal de Curitiba na pandemia doando o próprio leite pra 9 bebês

Conscientes de que muitas famílias associadas à escola tiveram sua fonte de renda prejudicada por causa da paralisação pela covid-19, a diretoria da instituição decidiu construir uma rede de pais, com o objetivo de ajudar a divulgar os negócios de cada família que faz parte da escola.

“Muitos desses pais prestam algum serviço ou vendem algum produto, então disponibilizamos nossas ferramentas para divulgar esses trabalhos”, diz a diretora da escola, Marianna Canova. O catálogo de serviços e produtos oferecidos pelos pais foi disponibilizado no site da escola e também divulgado nas redes sociais.

LEIA AINDA – Comida feita em casa ganha destaque na quarentena; veja onde aprender novas e deliciosas receitas

Segundo Marianna, cerca de 15 famílias já estão participando da iniciativa, mas todas têm acesso ao material. “Alguns pais já nos contaram que a rede de compartilhamento está funcionando”, diz a diretora. “Muitos também demonstraram o seu sentimento de gratidão por termos esse olhar humano nesse momento”.

Uma das mães que aderiu à proposta foi a empresária Patrícia Mayra Nunes, proprietária de uma loja de vestuário. Para ela, além de ajudar as famílias a sustentarem seus custos na crise, a iniciativa também trouxe um olhar de esperança para os pequenos empreendedores diante da atual situação.

“Nossa expectativa é que essa oportunidade crie um vínculo e aproximação por confiança, levando a uma possível identificação com o nosso trabalho”, afirma a mãe. “Com isso, podemos apresentar nosso principal diferencial em relação às grandes redes, que é nosso atendimento mais próximo e personalizado e que só uma empresa pequena consegue proporcionar”.

VIU ESSA? Moradores de Curitiba reclamam de aumento de quase 300% na conta de água

“São momentos como este que estamos vivendo, que enxergamos o quanto é importante não cuidarmos apenas de nós, mas dos que estão a nossa volta”, afirma a diretora. “Quando um ajuda o outro, o fardo se torna mais leve para carregar”.


Precisamos do seu apoio neste momento!

Este conteúdo te ajudou? Curtiu a forma que está apresentado? Bem, se você chegou até aqui acredito que ficou bacana, né?

Neste cenário de pandemia, nós da Tribuna intensificamos ainda mais a produção de conteúdo para garantir que você receba informações úteis e reportagens positivas, que tragam um pouco de luz em meio à crise. Bora ajudar?

Ao contribuir com a Tribuna, você ajuda a transformar vidas, como estas

– Pai vende vende 1000 bilhetes de rifa com a ajuda da Tribuna pra salvar o filho
– Leitores da Tribuna fazem doação de “estoque” de fraldas para quíntuplos
– Leitores se unem para ajudar catadora de papel de 72 anos

E tem várias outras aqui!

Se você já está convencido do valor de sua ajuda, clique no botão abaixo